,

8 ALIMENTOS COMPLETAMENTE PROIBIDOS AO REDOR DO MUNDO

Você se considera uma pessoa fresca para comer? Ou come de tudo e está aberto a todo tipo de experiência? Bem, mesmo se você for um rei diante da mesa de jantar e estiver preparado para tudo, mesmo assim, você não poderá provar alguns desses alimentos. Isso vai depender de cada país e as leis alimentares que os regem. Mas se for mesmo corajoso, há brechas e nem todos os países proíbem o seu consumo. Você teria coragem?
Então aqui vai uma lista de 8 alimentos completamente banidos ao redor do mundo:


1 - Kinder Ovo


Vamos começar com um bem leve.
Se você não consegue viver sem o seu Kinder Ovo, é melhor não cogitar a ideia de viver nos Estados Unidos. Isso porque o FDA ou "Food and Drug Administration", departamento que regula os alimentos e os remédios no país, não tolera o fato de um brinquedo não-comível vir dentro de um um chocolate comestível. Eles alegam que uma criança poderia engasgar, o que seria bem difícil já que o brinquedo vem coberto por um plástico com ar.
A Kinder esclarece que garante a segurança dos consumidores, especialmente das crianças, que é e sempre foi prioridade para o Grupo Ferrero. Nos esforçamos, desde o design do produto até a produção final, para fornecer os produtos mais seguros possíveis. Todas as surpresas de Kinder Ovo respeitam as leis internacionais de segurança dos brinquedos. Respeitamos rigorosos padrões que são certificados por oito institutos diferentes em sete países, todos reconhecidos internacionalmente. E a Ferrero vai ainda mais longe, impondo códigos rigorosos de auto regulação com verificações de segurança que vão além dos requisitos legais. Além disso, cada brinquedo Kinder é analisado por médicos especialistas em orelha, nariz e garganta que aconselham sobre possíveis riscos e recomendam modificações quando necessário.

2 - Leite não pasteurizado


Mesmo sendo considerado mais saudável e até mais gostoso, o leite cru, ou seja, vindo direto da vaca e sem passar pelo processo de pasteurização, é proibido em pelo menos 22 estados dos Estados Unidos e também no Canadá.
A justificativa são doenças que podem estar presentes no leite como a Salmonela, Escherichia Coli, Listeoriose e outras causadas por bactérias e germes.
Isso não se aplica somente ao leite, mas a todo e qualquer tipo de produto não-pasteurizado.

3 - Absinto


Toulose Lautrec e outros boêmios franceses que viveram a plenitude da farra e do alcoolismo na França da década de 20 tiveram que rebolar para conseguir a bebida favorita daquela época, o absinto.
Isso porque a bebida foi banida do país há mais de 100 anos. Mesmo correndo o boato de que a bebida foi inventada justamente na França.
Além dos franceses, o absinto também é ilegal nos Estados Unidos, na Austrália e na Nova Zelândia, devido ao seu alto teor alcoólico e porque ele também pode causar alucinações.

4 - Samosas


Samosas são massas fritas em forma de triângulo, que podem ser recheadas de carne ou vegetais. É um prato comum no Chifre da África (região nordeste africana que abriga os países da Somália, Etiópia, Djibouti e a Eritréia) e também na Índia.
Mas na Somália, esse aperitivo foi terminantemente proibido. Isso porque para eles, o formato de triângulo faz o prato ser muito cristão, associando a forma do lanchinho com a Santíssima Trindade.
Na Somália, 98% da população é islâmica.

5 - Casu Marzu


Casu Marzu é um queijo tradicional da Sardenha, uma ilha do mar Mediterrâneo. Ele é preparado de uma maneira bastante peculiar: injetando larvas de moscas dentro do queijo Pecorino.
Casu Marzu quer dizer "queijo podre" e o seu consumo é um tanto quanto perigoso. Alguns sardenhos o consomem mesmo quando há larvas vivas dentro do queijo.
Esse produto é proibido nos Estados Unidos e em toda a Europa.

6 - Peixe Fugu


Fugu é o nome japonês para o nosso baiacu, ou peixe-balão. Mas no mundo todo ele é conhecido por ser extremamente venenoso.
Mesmo assim, a carne desse peixe é considerada uma iguaria na Coréia e no Japão, e os cozinheiros devem passam por um treinamento intenso de no mínimo 3 anos para poderem cozinhar apropriadamente o peixe.
Se não for devidamente tratado, a sua ingestão pode ser fatal: paralisando os músculos de quem o come e matando a pessoa for asfixia.
Portanto a sua venda e o seu consumo é proibido em todo a Europa.

7 - Foie Gras


Essa comida é considerada o manjar dos deuses na França. Basicamente, foie gras (a pronuncia é "fuá grá") é gordura de fígado e pode ser feita tanta de pato, quanto de ganso, e o seu "preparo" é terrível para os animais.
As aves passam por um processo de engorda, onde um funil é inserido em suas gargantas para forçá-los a comer além do necessário.
Eles chegam a engordar até 2 quilos por dia e quando está 10 vezes maior que o seu tamanho, são mortos e os seus fígados são retirados.
Devido a alta crueldade com esses animais, essa iguaria foi proibida em mais de 14 países, incluindo Estados Unidos e recentemente, o Brasil.

8 - Ortolan


Esse passarinho lindo é considerada uma ave em extinção. Isso porque durante séculos foi considerada uma iguaria, sendo servida para os nobres na França. E o seu preparo é tão terrível quanto o do foie gras.
Depois da captura, o animal é enjaulado por meses no escuro, ou seus olhos são vendados, com a intenção de que  ele coma além do necessário.
Depois do processo da engorda, geralmente quando ele está quatro vezes maior que seu tamanho original, ele é embebido em brandy (vinho destilado) e depois frito para ser comido.
Mesmo o seu consumo sendo proibido e a sua caça sendo ilegal, o Ortolan ainda sofre nas mãos de traficantes, e mais de 50.000 mil pássaros dessa espécie são mortos todos os anos.
Em alguns casos a proibição não parece tão ilógica. Certo? Ou você teria coragem de comer o queijo ou o baiacu? Aliás, qual dessas comidas você não comeria de jeito nenhum?
Não esqueça de deixar o seu comentário e aproveite para deixar sua opinião para um debate saudável, assim como deve ser a nossa alimentação.




0 comentários:

Postar um comentário